17 agosto 2016

O Rei do Inverno | Bernard Cornwell








"Podemos fazer a paz, Derfel, mas apenas se formos suficientemente fortes para fazer a guerra."









As Crônicas de Artur #1



Esse foi o livro que eu escolhi para ler na Maratona Parede de Escudos do blog Bravura Literária \o/
(para ver a resenha do Phelipe é só clicar aqui)


AUTORBernard Cornwell (1944-) é um escritor britânico que já publicou mais de 40 livros e é apaixonado por história, principalmente, pela história inglesa. Este fato acaba se refletindo em seus romances que sempre envolvem conflitos históricos.

DO QUE SE TRATA: A famosa lenda do Rei Artur é contada por Cornwell de um jeito diferente do que estamos acostumados. A história é contata por Derfel Cadarn, filho de uma escrava saxã e que foi criado próximo à Merlin. Posteriormente acaba fazendo parte dos exércitos de Artur. 

OPINIÃO: Acho que não deveria ter vindo tão cheia de expectativas... Eu sou super fã de As Brumas de Avalon que também contam a história de Artur e por isso demorei horrores para aceitar os mesmo personagens com personalidades tão diferentes do que eu estava acostumada. Mas é aí que está o que torna essa obra tão singular: ela é totalmente crível! Cornwell nos narra a história de uma lenda de forma tão humana e sem enfeites que a gente acaba acreditando que os personagens realmente existiram e tudo se passou exatamente como está escrito. :D Então, passado o primeiro desafio da aceitação das personalidades, tive que enfrentar a narrativa do Cornwell. E não quis dizer que é ruim, de forma alguma! Mas eu achei bem arrastada e só entrei de verdade na história depois que já tinha passado da metade. Também percebi que a narrativa melhorou bastante depois que passei a enxergá-la como a história da Britânia e não de Artur. Acho que eu ainda esperava alguma coisa no estilo das Brumas. :/ E por fim, não posso deixar de mencionar que o Cornwell sabe mesmo descrever uma parede de escudos. As batalhas foram fantásticas e ouso dizer que podem ter sido elas as responsáveis por eu ter continuado a leitura até o fim, o que fez valer a pena o livro todo.


AVALIAÇÃO:


SÉRIE: A trilogia é uma mistura de ficção histórica e lenda arturiana e é composta pelo O Rei do Inverno (2001), O Inimigo de Deus (2002) e Excalibur (2002). 

ONDE COMPRARSubmarinoAmericanas


Gostou? Compartilhe com os amigos. Discorda? Então deixe sua opinião aqui nos comentários! ;)

2 comentários:

  1. Deveria ter lido essa trilogia antes, aí nunca mais conseguiria ler as Brumas. huaehueahuhe

    http://desbravandolivros.blogspot.com/2013/02/resenha-o-rei-do-inverno-bernard.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De jeito nenhum. Morgana vai ser diva pra sempre! Hahaha
      Não nego que essa história tem o seu valor, mas para mim As Brumas sempre valerão um pouco mais <3

      Excluir